Romagem - Livro

ROMAGEM – Apresentação

By 29 de abril de 2020 No Comments

NOSSA HISTÓRIA, NOSSA GENTE, NOSSA CULTURA

I – O SENTIDO DO MEMORIAL

– HISTÓRIAS DA NOSSA HISTÓRIA

A obra, que o leitor tem em mãos, – Romagem, fala de Santo Amaro, a nossa cidade-bairro. Fala de nossa história, de nossa terra, de nossa gente, de nossa cultura. Fala de nossos valores humanos e sociais, que consideramos como patrimônio inestimável.

Romagem é o vol.1 do MEMORIAL DE SANTO AMARO.

1 Contar a história de gente, através de um Memorial é muito mais do que contar história: é desvendar o espírito e a alma de um povo. É abrir novos caminhos…

Ficamos então, sabendo que o essencial é invisível aos olhos e inacessível às palavras.

Falar de história é falar de cidadania…

Daí o encanto do bom contador de histórias.

Este é um desafio que nos faz pensar e crescer!

Esta é uma obra de história e de memórias de Santo Amaro. É também uma obra cívica, um arsenal de ideias. É um tesouro a descobrir.

É um amplo Álbum de Fotografias: uma grande exposição de arte e civismo.

Por isso a nomeamos como Memorial, que é um nome altissonante e adequado.

O núcleo do Memorial/Romagem, é a revelação do valor e do sentido de alguns dos ícones históricos e cívicos de Santo Amaro-São Paulo.

Queremos estimular as pessoas a assumirem o protagonismo de atuação, por uma “cidade” melhor e mais saudável; por uma vida melhor.

2 Acreditamos que todas as sociedades precisam ser sempre repensadas, com critérios que respeitem os seus valores vitais e matriciais, os grandes valores éticos da nossa civilização, para não se deixarem cair, em aventuras deletérias e desagregadoras; para não caírem na inação estéril.

Prosperar, com segurança e equidade é atitude essencial, sem trocar pérolas, por promessas e por palavras vazias e oportunistas, como muitos descuidados já fazem.

A Romagem é um arsenal de pérolas cívicas, que fazem a grandeza de nossa terra. As pessoas precisam acreditar na força dos valores matriciais da humanidade, começando por procurar as razões de amar o seu torrão vital.

Santo Amaro-SP é um lugar de muita história; um lugar bonito e acolhedor por natureza.

Gostar de Santo Amaro e de seu potencial vem-nos da alma e do coração; retempera o nosso civismo e nos dá mais alegria de viver e conviver.

Conhecer o que é bom, em Santo Amaro, já revela o nosso estado de espírito.

Romagem é uma peregrinação, por Santo Amaro de todos os tempos; pela história de nossa gente, de nossos antepassados.

A história, leal à vida de nossa gente, faz a vida melhor e mais saudável.

3 Romagem-Memória fala de Santo Amaro, nascido juntamente com São Paulo, pouco depois, como parte do mesmo processo civilizatório, como veremos adiante.

Fala de Santo Amaro de todos os tempos. Santo Amaro nasceu e desenvolveu-se, agregado a São Paulo, desenvolvendo identidade própria, com um povo rico e criativo, amante da vida…

Santo Amaro era distante de São Paulo, um dia de viagem, por sendas e perigos.

Santo Amaro foi município, de 1832 a 1935.

Depois de 103 anos de autonomia, Santo Amaro foi anexado a São Paulo, por interesses e conveniências políticas.

As anexação, de alguma forma, beneficiou, além de São Paulo, também o Brasil… Beneficiou também Santo Amaro, mas com alguns senões, por falta de compensações.

Manteve identidade marcante e respeitável, importante para a prosperidade geral.

Na realidade, Santo Amaro e São Paulo têm muito em comum; mais semelhanças do que diferenças.

Somos todos irmãos; temos “pais” comum; compartilhamos do mesmo chão e do mesmo ideário.

Nossas histórias se cruzam e seguem idêntico percurso.

Assim é a vida… dos humanos, uns mais outros menos.

4 Aqui propomos uma excursão, uma Romagem, pelos ícones histórico-culturais, na região do Centro Histórico.

O Vol. 1 sugere uma excursão cultural, nos limites do Centro Histórico e circunvizinhanças.

o Vol. 2 propõe uma excursão cultural, para além do Centro Histórico.

O Vol 1 é apto para quem quiser ministrar um curso de História de Santo Amaro.

5 Falar de Santo Amaro histórico é falar de São Paulo, de um amplo território, de uma população, de um espaço que fez São Paulo uma das sete cidades mais populosas de nosso mundo e a mais populosa do hemisfério sul.

Falar de Santo Amaro é falar de alguns grandes capítulos da história do Brasil e de São Paulo. Então o Memorial, como Romagem, fala de um espaço privilegiado de São Paulo e do Brasil.

Santo Amaro é São Paulo; Santo Amaro é Brasil.

Conhecer melhor Santo Amaro é aprender a conhecer o Brasil melhor.

Isto nos traz imenso orgulho e grande responsabilidade, diante da vida e da história.

6 Falar de Santo Amaro é abrir um amplo espectro em sua mente:

Padre Leonardo Nunes, o Abarabebê

* é falar de João Ramalho, articulador da grande aliança de portugueses-europeus e indígenas.

  • é falar dos Jesuítas, os grandes artífices da civilização entre nós; os nossos primeiros e eméritos educadores;
  • é falar do Pe. Manuel da Nóbrega (1549) e do Pe. Leonardo Nunes (1549), os grandes estrategistas na educação e no desenvolvimento do Brasil, Centro, Sul e Norte;
  • é falar da grande epopeia dos Bandeirantes, cuja obra triplicou o território do Brasil, além de viabilizar a nossa civilização;
  • é falar da epopeia dos Tropeiros, transportadores do progresso, interligando todo o interior e o litoral;
  • é admirar a força e a coragem dos construtores do Brasil, deste país continental.

7 Santo Amaro, mostra a tua cara!

Padre Manuel da Nóbrega

Este é o grande desafio, pois precisamos ir em busca do essencial; ir além do circunstancial.

E bem sabemos que o essencial é invisível aos olhos.

É um olhar de alma para alma!

Um célebre fado, de Amália Rodrigues, nos inspira:

“Mostra o teu rosto, linda princesa!”

São Paulo e Santo Amaro não são Lisboa, mas são as nossas lindas princesas!

Somos um povo de cara e coragem; precisamos nos conhecer!

Precisamos conhecer a nossa história, onde não falta gloria e coragem!

8 Enfim, o Memorial de Santo Amaro é um arsenal de conhecimentos; um acervo de muitas histórias, que fazem a nossa história; a história de nossa gente, que faz maior o nosso Brasil, desenvolvendo o espírito de cidadania, atuante e respeitável.

Romagem acende luzes, nas ruas e na mente dos santamarenses e dos paulistas.

O Memorial dá voz e vez a Santo Amaro; põe Santo Amaro no mapa de São Paulo, no mapa do Brasil, no mapa do mundo; no mapa de nossas vivências.

9 Santo Amaro, ao ser anexado, fez São Paulo a maior metrópole do hemisfério sul e uma das sete maiores metrópoles da terra, de nosso planeta.

Tornou São Paulo uma potência mundial; a capital econômica do Brasil e muito mais; uma extraordinária potência cultural, humana e natural.

São Paulo é uma Cidade-Estado, real, mas informal.

Defendemos que Santo Amaro precisa reforçar a sua identidade própria  e original, por uma São Paulo mais forte e mais próspera, mais respeitável, mais humana e mais saudável, com mais educação e saúde e menor desperdícios… Falar de Santo Amaro é falar de São Paulo.

Aqui, falamos do fenômeno humano, no fenômeno urbano; falamos de humanização: da luta cotidiana, por uma vida melhor e mais saudável; da luta permanente pelo bem-estar de nossa gente.

10 O Memorial/Romagem é um espaço para contador de histórias; é um espaço para penetrar, com graça e encanto, nos desvãos da sociedade; nos desvãos da humanidade.

É um espaço que revela experiências e vivências humanas…

Memorial é um patamar alto, um ponto de observação, que nos pede um novo olhar, uma nova voz, uma nova reflexão.

Memorial renova a voz e o olhar e o modo de pensar de Santo Amaro; dá-nos uma nova visão!

As Cinco Metrópoles mais populosas do Mundo.

1 – Tóquio – 32.450.000 hab.

2 – Seul, Coréia do Sul – 20.550.000 hab.

3 – Cidade do México – 20.450.000 hab.

4 – São Paulo – 19.889.559 hab.

5 – Nova York – 19.750.000 hab.

Grandes Marcas de São Paulo

1 – São Paulo é a cidade mais populosa do hemisfério sul e da Lusofonia Mundial.

2 – É a cidade brasileira mais influente no cenário internacional.

3 – É a capital econômica do Brasil.

4 – É a cidade que atrai mais turistas do mundo para a América Latina

O Memorial traz-nos um novo olhar, uma nova voz, uma nova visão do nosso torrão vital.

 

 

Leave a Reply