Diploma da Proclamação da Abolição da Escravatura no Brasil, com o nome do Senador vitalício do Império, Rodrigo Augusto da Silva, de origem santamarense.

Rodrigo Augusto da Silva ( 1833 – 1889) na Corte Imperial

A Lei Áurea

Rodrigo Augusto foi neto do grande e rico tropeiro Santamarense, José da Silva de Carvalho. Foi um dos homens que mais se destacaram na Corte Imperial, ao tempo de D.Pedro II.

Foi Senador vitalício e Ministro do Império. Foi do Conselho do Reino. Participou do movimento que culminou com a proclamação da Lei Áurea, de 13 de Maio de 1888, que decretou a abolição da Escravatura, no Brasil.

Seu nome consta no diploma legal da Lei Áurea.

Rodrigo traz regozijo perpétuo à terra de seus ancestrais, Santo Amaro.

D.Pedro II, a Princesa Isabel, Rodrigo Augusto juntos com Isabel Alves Pereira, fizeram o dia 13 de Maio uma das datas mais queridas da História do Brasil.

O nome de Rodrigo é o único nome, que consta no corpo do texto legal da Lei Áurea.

Como pode ser verificado no texto do diploma aqui transcrito.