MÁRIO GENNARI

 

 

Compositor e Instrumentalista

Mário Gennari Filho foi um artista que atuou no cenário musical do Brasil, no séc. XX.
Teve seu auge nas décadas de 40 e 50.

Nasceu, em Santo Amaro, São Paulo, em Julho de 1929 e faleceu em Junho de 1989, com 60 anos.

Foi compositor e multi-instrumentalista. Tocou violão, acordeom, piano, guitarrista-havaiana, solo vox.

Criou uma escola, para ensino de acordeom, junto com Rosani M. de Barros, onde foi professor: O Conservatório de Santo Amaro, situado, inicialmente, na Praça Floriano Peixoto.

Estreou aos oito anos, na Rádio Bandeirantes. Durante sua carreira, gravou grandes sucessos musicais, incluindo temas populares.

Trabalhou na Rádio Bandeirantes e, depois, na Rádio Tupi.

Mario Gennari é natural de Santo Amaro, onde consolidou a sua carreira. Gravou com grandes nomes nacionais: Em 1953, com Francisco Alves, David Nasser e Felisberto Martins.

Gravou também com Tony Campelo e com Celi Campelo.

Fez excursões musicais, por todo o Brasil.

Ganhou, vários vezes, o Prêmio Roquete Pinto, como Melhor instrumentalista.

Enfim, Mário Gennari é um dos grandes artistas que honrou a nossa terra.

Mário era cego de nascença e conseguiu superar a sua deficiência, com imensa força de vontade. Lutou e Venceu.

Ouça-o para recordar e se alegrar:

Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=zXpnDIiz6tk&t=580s.